Arquivo mensal: junho 2016

QUERIDINHO DA SEMANA: CREME DE TRATAMENTO SEDA PROFISSIONAL RESTAURAÇÃO INSTÂNTANEA

Padrão
Creme de tratamento Restauração Instantânea 1 Kg

Imagem: Site da Seda

Nossos cabelos sempre precisam de algum tratamento para hidratação dos fios diante tanta exposição a agentes externos. Nesse período junino, a exposição a fumaça, e o tempo frio tende a ressecá-los. E com uma variedade de produtos, nem sempre é fácil acertar.

Mas em uma das minhas caminhadas pelo supermercado me esbarrei com uma das novidades da Seda. A linha de tratamento profissional. Você deve estar pensando…Ah! não é de hoje que a seda possui uma linha de creme tratamento, qual a novidade Srta Brito? A novidade é que agora ela possui uma linha de uso profissional.

Imagem: Carolina Galvão

Antes era comum encontrarmos apenas estes potinhos:

 

E o meu escolhido foi  o creme de tratamento Seda Profissional Restauração Instantânea.

PROMESSAS DO PRODUTO:

Promete a reconstruções em apenas alguns minutos, logo na primeira aplicação. É indicado para cabelos danificados que passaram por processos químicos. A sua avançada fórmula sem sal conta com alto teor de ativos, proporciona uma reconstrução profunda dos fios por dentro e por fora instantaneamente.

COMPOSIÇÃO:

Max Cálcio e Queratina. O Cálcio é fundamental para a formação das proteínas do cabelo e ainda contribui para o metabolismo do ferro e vitaminas no fio. A falta de Cálcio faz com que o cabelo fique fraco e quebradiço. A queratina é um dos componentes mais importantes da fibra capilar, tendo em vista que os cabelos são constituídos principalmente por ela. É rica em aminoácidos essenciais aos cabelos, proporcionando um crescimento uniforme e saudável.

MINHA OPINIÃO…

Este entrou para a minha lista de cremes BBB (bom, big e barato). Promete o que cumpre. Para um resultado profissional indico o uso de uma touca térmica. Possui uma consistência bem cremosa, uma pequena quantidade já adere bem ao cabelo. Podendo-o sentir macio logo durante a aplicação. O seu efeito permanece após o enxague. Os cabelos ficam evidentemente macios, com um brilho. As adeptas a escova e ou prancha, vai perceber uma facilidade na escovação. Já faz quase um mês de comprado e o pote ainda esta pela metade, devido sua consistência rende que é uma beleza.

QUANTO CUSTA:

Eu paguei R$24,99 em uma rede de supermercados da minha cidade, porém, é um produto popular, fácil de encontrar, já vi em outros lugares com uma valor bem menor, R$ 19,90.

Enfim…esse foi o meu produto BBB queridinho da semana, espero que tenham gostado e testem, com certeza fará parte do seu cronograma capilar. Há uma variedade de outros produtos específicos da mesma linha, que vale a pena testar. E vocês, tem algum produto BBB para mim indicar?

Beijocas da Fabi e até breve.

 

Produtos No Poo e Low Poo. Você sabe o que significa?

Padrão

Querida amiga, se você anda circulando pelas casas de cabeleireiro ou pesquisando produtos para suas madeixas crespas, cacheadas e ressecadas, é bem provável que já tenha ouvido falar algumas dessas expressões: No poo ou  Low poo. O nome parece estranho, mas tem feito a cabeça de muitas celebs, e antes que surjam um monte de dúvidas na sua, o nosso S.O.S resolveu lhe explicar.

O QUE É ISSO…NO POO OU LOW POO?

Trata-se de dois métodos de lavagem capilar, cujo o objetivo é cuidar dos cabelos de forma natural. A diferença consiste na formulação de ambos produtos. Ou seja, “Low poo” significa pouco xampu. Esta técnica consiste em formas mais suaves de limpeza dos fios e do couro cabeludo. Seus adeptos buscam produtos com baixa detergência e sem uso de sulfatos, como o lauril éter e sódio. Já o “No poo” significa nenhum xampu. Técnica desenvolvida para pessoas com cabelos muito ressecados, exposto a pouca sujeira e pouca oleosidade, geralmente sua fórmula é a mesma de um condicionante.

ONDE SURGIU ESSE MOVIMENTO?

Tudo começou nos Estados Unidos, com a cabeleireira Lorraine Massey em seu livro Curly Girl: The Handbook. Com a moda das cacheadas e cabelos cada vez mais tendendo ao natural a novidade chegou recentemente ao Brasil.

Segundo a autora os sulfatos encontrados nos shampoos normais, retirariam dos cabelos crespos, cacheados e ressecados a proteção lipídica natural, tornando-os mais desidratados e desalinhados. Já nos cabelos lisos, geraria um efeito rebote: a remoção da oleosidade levaria ao estímulo da produção de mais óleo.

MAS SERÁ QUE ISSO FUNCIONA?

Bom! cara amiga leitora, assim como eu você deve estar pensando…Mas a gente não lava os cabelos para eliminar também a poluição, resíduos de produtos, suor, oleosidade, odores e etc? E aquela história de lavar no mínimo 3 vezes por semana? Enfim… Parece que a proposta do Low Poo ou No poo, não é quanto a lavagem e o número de vezes dela, mas a mudança de hábito na hora de ir para o chuveiro, respeitando a gordura natural do couro cabeludo e dos fios, como proteção, equilíbrio e hidratação, mantendo sua cutícula fechada.

Segundo os dermatologistas é preciso ter cuidado quanto a esta prática, pois a lavagem incorreta pode ser terreno fértil para o aparecimento de fungos e doenças como a dermatite seborreica (caspa), principalmente nos cabelos lisos e finos, geralmente oleosos.

TENHO CABELO CRESPO, CACHEADO OU RESSECADO E QUERO TENTAR, COMO FAZ?

Imagem: Site Transitei.com

 

A dica é pesquisar produtos denominados Low ou no poo, já disponível em diversas lojas e supermercados do país. Outra dica dos adeptos ao No Pow é usar produtos naturais para limpeza dos fios e couro cabeludo, a exemplo do vinagre, suco de limão e bicarbonato de sódio. Ainda assim, cuidado! alguns especialistas afirmam que o uso do bicarbonato não limpa. A substância tem um PH alcalino que faz com que as escamas do cabelo se abram, mas isso não que dizer que o sebo e a sujeira acumulada sejam eficientemente eliminados. Já o vinagre não condiciona, apenas fecha a cutícula e dá brilho, assim como o suco de limão.

Imagens: Site Transitei.com

Algumas celebs como Débora Nascimento, Gwyneth Paltrow, Adele e Isabela Goulart, já se assumiram adeptas a técnica. A atriz Débora Nascimento diz lavar o cabelo só com condicionador e usa xampu sem sulfato apenas uma vez por semana. Enquanto a cantora Adele só lava os cabelos com água e usa xampu somente a cada dois meses. É visível que elas possuem cabelos maravilhosos.

                    

Agora eu gostaria de saber, será que vocês conseguiriam ficar todo esse tempo sem lavar direitinho os cabelos? Bem, quanto a mim, só de pensar nesta possibilidade me deu uma coceira.

# partiulavaroscabelos#.

Beijos da Fabi

Fonte: Revista Estilo/ Abril 2016

6 Passos para um esfumaçado poderoso

Padrão

Com os Festejos juninos uma make poderosa pode ser uma grande aliada do look feminino e a make com os olhos esfumaçados nunca sai de moda.Neste outono-inverno 2016 não poderia ser diferente, ela continua em alta. Que saber como garantir um olhão poderoso e atrair o noivo caipira neste São João? Valei-me meu Santo Antônio! rsrs. Então presta atenção nestas dicas do maquiador, cabeleireiro e apresentador do canal GNT Rick dos Anjos e arrase no carão

.

1.Não abra mão do primer

  Além de ser mais fácil esfumaçar o lápis após a aplicação dele, irá garantir que sua make dure mais tempo. Escolha um lápis preto mais mole e aplique em toda a pálpebra móvel até o côncavo. Depois esfume a linha que se forma na altura do côncavo com um pincel fofo e arredondado.

2. Sombras

download (5) Em seguida, aplique a sombra preta em pó por cima do lápis em toda pálpebra móvel, até a linha do côncavo. Para criar um degradê suave e elegante, use um pincel fofo com a sombra marrom para esfumaçar o côncavo.

 

3. Parte Inferior

 Faça um traço abaixo dos cílios inferiores com o lápis preto, não esqueça de pintar bem o cantinho externo do olho, esfume com o pincel e em seguida aplique a sombra preta as morenas e negras e as mais claras podem optar pela sombra marrom nas bordas da parte inferior.

4. Cílios

 Com o curvex modele os fios, e logo em seguida aplique uma camada de máscara nos cílios superiores e inferiores. Deixe secar e repita a aplicação para dar mais volume, se quiser um efeito ainda mais marcante, aplique o lápis preto na linha d’água.

5. Toque iluminado ao olhar

 Para conseguir um efeito ainda mais poderoso, ilumine o canto interno dos olhos com uma sombra branca, dourada ou perolada. Para intensificar o efeito, umedeça o pincel antes da aplicação.

6. Pele

Para finalizar – isso mesmo, você deve fazer a pele só depois de terminar o olho! – use uma base leve e iluminada para dar destaque ao olhar, hidrate os lábios com um batom natural, cor de boca ou nude, penteie as sobrancelhas. Use um blush bronzeador para dar contorno ao rosto e um pó compacto para tirar o brilho da zona T (Testa e nariz). Está pronta sua make.

Agora é só investir num penteado e look bacana e arrasar.

Gostou da dica? Deixe aqui seu comentário.

Beijinhos da Fabi.

Fonte: Revista Estilo/Abril 2016

APRENDA A FAZER UM DELICIOSO LICOR CASEIRO: O SABOR DOS FESTEJOS JUNINOS NO NORDESTE

Padrão

              Os festejos juninos já começaram. Não sei como funciona em outras partes do Brasil e do Mundo, mas aqui no Nordeste a celebração tem origem indígena, com muita comida e bebida, em comemoração a boa colheita tendo em vista que este é um mês úmido, com clima propício a plantação.

HISTÓRIA DOS FESTEJOS JUNINOS

            As celebrações dos dias 13, 24 e 29 de junho que correspondem a Santo Antonio, São João e São Pedro, foi oriunda da Igreja Católica através dos Europeus. As festas juninas no formato com que hoje as conhecemos tem origem nas festas dos respectivos santos populares de Portugal. A música e os instrumentos usados (cavaquinho, sanfona, triângulo ou ferrinhos, reco-reco etc.) estão na base da música popular e folclórica portuguesa e foram trazidos ao Brasil pelos povoadores e imigrantes de lá.

     As roupas caipiras são uma clara referência ao povo campestre que povoou o Brasil, com muitas semelhanças do modo de vestir caipira brasileiro. Do mesmo modo, as decorações com que se enfeitam os arraiais iniciaram-se em Portugal, as novidades que na época dos descobrimento foram trazidas da Ásia, tais como enfeites de papel, balões de ar quente e pólvora. Inclusive o costume das fogueiras para aquecer as noites frias típica do mês de junho. Porém, nem tudo partiu de Portugal. Enquanto os portugueses e Italianos preferiam um bom vinho os Holandeses difundiram o hábito de saborear um delicioso licor nas noites de frio.

A ORIGEM DO LICOR:

         Licor, do latim liquifacere, significa dissolver ou liquefazer. Pode ser definido como uma bebida alcoólica, adocicada e aromatizada por substâncias vegetais, como: frutas, flores, sementes, ervas e extratos, através de um processo de maceração (descanso) por tempo indeterminado.

       Sua história tem origem há 200 anos antes de cristo em lendas de amor e bruxaria, como um elixir para seduzir o amado. No século X foi aperfeiçoado pelos árabes através da técnica de destilação e fermentação e reinventado pelo alquimista catalão Arnould Villeneuve tendo como princípio o poder curativo.

       Por volta de 1500 a produção artesanal de licores já estava bem desenvolvida, com várias “casas” preparando suas próprias receitas, Foi quando o holandês Lucas Bols, em 1575, teve a visão de construir a primeira e até hoje mais antiga destilaria de licores do mundo, fundando a Bols Royal Distilleries, em Amsterdã, capital holandesa. Por volta desta época o maravilhoso sabor dos licores chega ao mundo adoçando o paladar após o almoço e  consequentemente ao Brasil.

       Se você assim como eu adora um licor e tem curiosidade de saber como é feito, o nosso S.O.S copilou a receita do Jornal Regional Correio da Bahia e compartilha com vocês duas receitas dos tradicionais licores dos festejos juninas aqui do Nordeste. Fica tão saboroso quanto os comercializados por ai. Tenho certeza que irão adorar e o melhor, poderão usufruir dessa delícia em qualquer época do ano.

ANOTA AI!

FONTE: CORREIO24HORAS.COM.BR

Assista ao vídeo exibido na TV Record em 19 de junho de 2012, com a receita.

Dá para adaptar a receita dando outros diversos sabores, a exemplo de limão, abacaxi, uva, tangerina, laranja, passas, maracujá , chocolate, entre outros, o segredo consiste no tempo de descanso da fruta na cachaça e a formação da calda com água e açúcar para fusão com a cachaça.

Espero que tentem fazer e compartilhe com a gente sua opinião sobre esta receita. Huummm! deu uma vontade! #partiu#fazer o meu#.

Beijocas da Fabi

Fonte: Wikipédia/ Correio 24horas/ TV Record/ http://www.mixologynews.com.br

 

 

NESSE SÃO JOÃO, COM QUE ROUPA EU VOU? INSPIRAÇÃO DE LOOKS FEMININOS

Padrão

Olá meus amores o São João continua o mesmo, mas os caipiras…Estes mudaram! estão cada vez mais antenados a moda e embora não dispensem um arrasta pé com direito a zabumba, sanfona e triângulo, quentão, licor e canjica. A moça e moço caipira agora desbravam o mundo com muito estilo e personalidade.

QUEM DISSE QUE MACAÇÃO COM BOTA NÃO COMBINA?!

Se tem peça que nos lembra o campo são os macações, eles parecem que foram inspirados nas jardineiras usadas pelos agricultores. As estampas dão um toque de delicadeza ao modelo que nos remete a pureza das moças do interior em contraste com austeridade das botas. Traduzindo essa nova mulher do campo: Doce e forte e claro! descolada.

VOU DE JEANS E GLADIADORA?!

E quando o forró começa cedo no arraial, o que a gente quer é unir estilo e conforto, a combinação casual do jeans para os looks dia junino e o charme das gladiadoras, faz essa combinação perfeita.

COLOCA UM XALE OU  KIMONO E FICA TUDO CERTO!

 

E se não deu para investir em um look novo. Coloca aquela saia ou shorts com uma blusa ou aquele vestido que adora, de rasteira, bota ou gladiadora não importa vai de kimono ou xale e fica tudo certo.

DA EUROPA PRO NORDESTE, O XADREZ NUNCA SAI DE MODA?

O xadrez  já virou marca registrada das caracterizações juninas e é uma das estampas mais utilizadas nesta época do ano. Não sei dizer porque ganhou tanta fama no guarda roupa caipira sô. Mas posso afirmar que Eis uma estampa que dá pra misturar com outras sem medo. Seu recorte geometrico contrasta muito bem com as estampas florais, ao mesmo tempo que passa delicadeza, tem algo rocker e muita personalidade e com um coturno então! Fica um arraso. Com certeza não irá passar despercebida e sem um moço “bunito” nesse São João.

E PRA CURTIR UMA BALADA SERTANEJA COURO PODE.

Couro e franja é uma combinação explosiva da caipira poderosa que mora em você. O charme da roupa de couro com bota, remete a moda country, onde os cowboy usavam aquelas calças de couro. Essa mistura demostra que esta garota é glamourosa, tem personalidade e muito estilo.

E NO ARRAIAL SE NÃO FOR DE JEANS, TALVEZ CAMURÇA.

Não há nada mais campo do que a camurça. Ela lembra o couro in natura, recém tratado. Inspirada na moda folk, boho e hippie, aqui tem bossa, tudo o que essa caipira quer é conforto e dançar até a noite chegar. Ela tem charme e elegância, mas nem liga pra bota, sua essência pede pra sentir a liberdade até pelos poros e no pé ela só precisa de uma sandália de couro, gladiadora ou rasteirinha.

Se identificou com algum look? Compartilha com a gente com que look você vai arrasar nesse São João.

Beijinhos da Fabi.